Brasil, SP, , , |

Ajude a FCCC a combater os fenômenos do Sul e Sudeste. Para ajudar nas operações da Fundação nesses locais, você pode colaborar de duas formas:

Jornal do Brasil

Rio de Janeiro, 24 de fevereiro de 2002

Especialista alertam para a possibilidade de agravamento da epidemia com as chuvas nos próximos dois meses no Rio.

As previsões de chuvas,boas para afastar de vez o risco do racionamento de energia,viraram um pesadelo para as autoridades de saúde.
“Nos próximos dois meses,as precipitações pluviometricas no estado do Rio devem ficar 30% a 40% superiores acima da media normal para esta época do ano,diz o meteorologista Carlos Magno,da Climatempo.Em outras palavras:Em março e abril, não vão faltar locais com água limpa e parada, ideais para a multiplicação do Aedes aegypti.

Fonte:

Informe JB / Jornal do Brasil
Compartilhar: