Brasil, SP, , , |

Ajude a FCCC a combater os fenômenos do Sul e Sudeste. Para ajudar nas operações da Fundação nesses locais, você pode colaborar de duas formas:

Artigos

Jornal do Brasil

Tá explicado

Rio de Janeiro, 3 de janeiro de 2002

Sem fazer alardes, um empresário do turismo carioca convidou a médium Adelaide Scritori,da Fundação Cacique Cobra Coral, para passar o réveillon a bordo de um transatlântico no mar de Copacabana.
Para quem não se lembra, ela é a paranormal conhecida por promover alterações climáticas. Muito procurada por empresários do setor energético para fazer chover nos reservatórios de hidreletricas em Minas Gerais.
A missão dela no Rio era contrariar todas as previsões meteorológicas de chuvas torrenciais e ondas de até dois metros, na virada do ano.
Em vez de processar o meteorologista, o prefeito César Maia deveria contratar os serviços do Cacique. O carnaval vem aí…

Fonte:

Coluna Márcia Peltier Caderno B / Jornal do Brasil
Compartilhar: