Brasil, SP, , , |

Ajude a FCCC a combater os fenômenos do Sul e Sudeste. Para ajudar nas operações da Fundação nesses locais, você pode colaborar de duas formas:

Artigos

Informe FCCC

Relatório da 1/a fase da “Operação Europa em chamas”

20 de agosto de 2003

No dia 06 de agosto de 2003, devido à situação de calamidade na Europa, causada pelas severas estiagem e altas temperaturas, enviei um e-mail para esta FCCC, contendo as seguintes sugestões:

A operação França começou pela localidade de Tarbes no sudoeste da França, conhecida por sua atividade agrícola. Como a Europa está localizada em latitudes médias do Hemisfério Norte, o seu clima é muito afetado por perturbações atmosféricas que viajam em torno da Terra, empurradas pelas correntes de jato, localizadas em altos níveis, a 10.000 metros de altura. A posição climatológica normal para o verão europeu destas correntes de jato em 50 N permitem produzir chuvas leves passageiras na França, suficientes para amenizar o calor e a baixa umidade, sem prejuízo portanto da colheita de outono. Este atual verão francês está sendo extremamente anômalo, com seca e temperaturas elevadas. A causa principal desta anomalia é a situação de bloqueio no Atlântico Norte impedindo as perturbações atingirem o continente europeu.
As perturbações estão retidas no leste da América do Norte, o anticiclone dos Açores estando dominando a Europa e as correntes de jato ao norte de 60 N fazem persistir a seca/calor.

A solução é desbloquear a circulação no leste da América do Norte, fazendo com que as correntes de jato retornem a sua posição normal a 45 N, para depois chegar a Europa na posição 50 N. Não havia melhoria prevista para a situação do dia 06 de agosto, nos próximos dez dias. A pouca chuva prevista é só para áreas isoladas nas montanhas da França. No dia 07 de agosto, para Tarbes a situacao estava bem parecida a Paris, só que haveria algumas trovoadas isoladas dia 08 e daí a 8 dias, sem amenizar o calor e estiagem. O bloqueio atmosferico é de grande escala e cobre toda a Europa.

No dia 12 de agosto, quando do início da terceira fase da operação França, já se sabia que o tempo iria mudar em Tarbes no fim-de semana, dias 15, 16 e 17 com chuvas a partir do norte da França. Na data de hoje 19 de agosto, podemos verificar pela série de imagens de
satélite Meteosat, que o bloqueio foi desfeito e o tempo mudou em toda a Europa, neste final de semana A situação em Tarbes e no sul da França melhorou com a tempestade de domingo 17/08/2003.

No Atlântico Norte o anticiclone dos Açores perde força e as correntes de jato estão normalizadas. De agora em diante para que a situação melhore ainda mais para a Europa como um todo, deve-se fazer com que as perturbações continuem fluindo normalmente e chegando com regularidade, desde Portugal até a Noruega.
A operação França foi um sucesso. Parabéns pelo êxito, agradeço ao nosso querido Cacique Cobra Coral.

Cordialmente,

Prof. Luiz Fernando de Mattos.
Vice Diretor Tecnico-Cientifico da www.fccc.org.br

Compartilhar: