Brasil, SP, , , |

Ajude a FCCC a combater os fenômenos do Sul e Sudeste. Para ajudar nas operações da Fundação nesses locais, você pode colaborar de duas formas:

Artigos

Revista ISTOÉ

E agora?

23 de março de 2000
E agora?
Foto/Divulgação Google

Embora não tenha sido vitimada por nenhuma inundação na última semana, a cidade de São Paulo está fedendo. E nada indica que a podridão revolvida pela ex-primeira-dama Nicéa Pitta deixe de espalhar odores por mais tempo. Ao denunciar o mar de lama que alaga a prefeitura e emporcalha políticos locais e nacionais, Nicéa deflagrou um processo sobre o qual não tem mais controle.

Queima de arquivo
 

  Quando Nicéa declarou usar colete à prova de balas, Pitta ironizou: “Isso não faz sentido.” Não é o que dizem os fatos. Desde que a máfia dos fiscais foi revelada, três testemunhas foram mortas e outras duas sofreram atentados. A última vítima foi Gilberto Monteiro da Silva, presidente da Associação dos Ambulantes de São Paulo.

Médium alerta Nicéa
 

  Recados para que Nicéa se proteja têm chegado até do Além. O recado foi transmitido por fax, no domingo 12, à ex-primeira-dama pela médium Adelaide Scritori, da Fundação Cacique Cobra Coral. Em maio de 99, ela aconselhou Pitta a renunciar, pois “documentos viriam à tona, deixando-o em situação insustentável.”

Fonte:

Política - Mário Simas Filho / Revista ISTOÉ
Compartilhar: