Brasil, SP, , , |

Ajude a FCCC a combater os fenômenos do Sul e Sudeste. Para ajudar nas operações da Fundação nesses locais, você pode colaborar de duas formas:

Artigos

O Globo

Cesar maia diz que pediu para desviar frente fria da cidade

Rio de Janeiro, 2 de janeiro de 2003

Os cariocas e os turistas que passsaram o réveillon no Rio já tem a quem agradecer pelo céu de brigadeiro que marcou a passagem de ano na cidade: ao prefeito Cesar Maia. Um ano após afirmar que processaria o previsor Luiz Carlos Austin, do Instituto Nacional de Meteorologia que não acertou a previsão da passagem de 2001 para 2002, Cesar Maia preferiu fazer um acordo com os deuses.
Pelo acordo, como contou o próprio prefeito, bastaria ele não aparecer em fotos de jornais ou na televisão para que a açao dos ventos desviasse a frente fria, prevista por meteorologistas. Não se sabe ao certo se Cesar Maia apelou diretamente para Eolos,Zéfiro, Vayu ou Shima-tsu-hiko(alguns dos nomes do Deus do Vento) em diferentes culturas),mas o fato é que nenhuma frente fria se atreveu a estragar o réveillon da cidade.
Boletins diários da Fundação Cacique Cobra Coral:
Aliás o prefeito, que já pediu sorvete em açougue,
e tem o hábito de usar casaco no verão(seguindo a sabedoria dos beduinos), parece está vivendo sua fase mistica desde que em Dezembro passado, passou a receber boletins diários sobre a previsão do tempo da Fundaçao Cacique Cobra Coral(FCCC). Ele explicou porque este ano não vai levar a justiça os meteorologistas que erraram a previsão:
Não será necessário pois tive a proteçao do Cacique Cobra Coral que mudou o rumo dos ventos e assumi com os deuses um compromisso de não aparecer em jornais e Tv´s para acentuar a ação dos ventos e desviar a frente fria.

Fonte:

Editoria Rio - Globo On Line / O Globo
Compartilhar: