Brasil, SP, , , |

Ajude a FCCC a combater os fenômenos do Sul e Sudeste. Para ajudar nas operações da Fundação nesses locais, você pode colaborar de duas formas:

Clima no Mundo

Revista ISTOÉ

Cobra Coral e o furacão Sandy

São Paulo, 2 de novembro de 2012
Cobra Coral e o furacão Sandy
por Antonio Carlos Prado e Laura Daudén

A Fundação Cacique Cobra Coral (FCCC), uma das organizações mais atuantes no Brasil na defesa do meio ambiente e da sustentabilidade, deu início a uma série de procedimentos de emergência para tentar atenuar os devastadores efeitos do furacão Sandy nos EUA.
Segundo a fundação, ela atuou a pedido de uma grande seguradora de Nova York. Igual atuação teve a FCCC contra a catástrofe natural causada em 2005 pelo Katrina.

NF: Onde esta escrito 2005 Katrina, leia-se: Irene 2011 conforme nota abaixo da Istoe de 2011.

NF II: A FCCC não foi acionada em 2005 no furacão Katrina.

Copia do Irene em 2011

Revista Istoe Dinheiro – Coluna Moeda Forte 02.09.2011

A médium Adelaide Scritori, da Fundação Cacique Cobra Coral,(FCCC), diz ter sido chamada por uma seguradora americana e outra da União Europeia (UE) para dar ajuda astral e diminuir a fúria do furacão Irene, que ameaçava Nova York com ventos de 170 km/h.

Adelaide comemora: contrariando as previsões meteorológicas, o furacão chegou à Big Apple transformado em tempestade tropical. Mas avisa: o Irene voltará à carga

Fonte: https://istoe.com.br/251075_COBRA+CORAL+E+O+FURACAO+SANDY/

Antonio Carlos Prado e Laura Daudén / Revista ISTOÉ
Compartilhar: